Em qualquer lista de ingredientes importantes para o mundo da estética e beleza, o retinol com certeza vai ter destaque. Ele é usado para tratar uma variedade de problemas de pele, por isso, é um item indispensável na sua rotina de skin care para cuidados diários com o corpo e o rosto. 

Os cientistas da NIVEA estão sempre atualizados, buscando o que há de melhor e mais moderno em cosméticos para a saúde da pele. Neste guia, você vai encontrar tudo sobre os 6 principais benefícios do retinol para a pele e saber como introduzir esse ativo na sua vida. Confira! 

    O QUE É RETINOL?

    O retinol é uma substância derivada da vitamina A pertencente à família dos retinoides, que incluem tanto formas naturais quanto sintéticas do composto. Sua principal atuação é na aceleração do processo de renovação celular da pele. Ele pode ser encontrado em fontes naturais, como:

    • Fígado de animais;
    • Óleo de fígado de bacalhau;
    • Gema de ovo;
    • Laticínios (queijo, manteiga e leite integral);
    • Peixes gordurosos (salmão, atum e sardinha). 

    Para uso tópico cotidiano, o retinol está presente como ativo em cremes, loções e séruns para o corpo e o rosto. Também são membros da família dos retinoides o ácido retinoico, a isotretinoína e o adapaleno

    É importante lembrar que retinol e ácido retinoico não são a mesma coisa. Apesar de ambos serem derivados da vitamina A e estarem inseridos na família dos retinoides, o ácido retinoico é uma versão mais potente e ativa, sendo comercializado apenas sob prescrição médica

    PARA QUE SERVE RETINOL? CONFIRA 6 BENEFÍCIOS PARA A PELE!

    Agora que você já conhece um pouco mais sobre o retinol, chegou a hora de descobrir os seus 6 principais benefícios para a pele. Assim, você pode completar o seu kit skincare com as dicas do nosso guia de ingredientes e otimizar o seu autocuidado. Confira! 

    1. OTIMIZA A LIMPEZA E A HIDRATAÇÃO

    Um dos passos principais da rotina de limpeza de pele é a esfoliação, um dos benefícios proporcionados pelo retinol nas fórmulas cosméticas. Quando aplicado na pele, ele desencadeia um processo chamado esfoliação química, que ajuda na descamação das células mortas de forma suave.

    Ao promover a limpeza das impurezas, o retinol ajuda a revelar uma pele mais jovem e hidratada. Além disso, ele ajuda a fortalecer a barreira protetora da pele, favorecendo a hidratação e reduzindo a perda de água transepidérmica, um tipo de transpiração que acontece mesmo quando não estamos suando.

    2. MELHORA A TEXTURA DA PELE

    Um outro benefício que o efeito esfoliante do retinol proporciona é a melhora na textura da pele, deixando ela mais macia, suave e lisa. Essa ação ocorre por meio de uma aceleração na renovação celular promovida na região mais superficial da pele, conhecida como camada córnea.

    Somado a isso, o retinol também ajuda a estimular a produção de colágeno e elastina, as proteínas responsáveis pela elasticidade e firmeza da pele. Uma pele com níveis mais altos dessas propriedades costuma ser mais hidratada e capaz de reter mais umidade, contribuindo para uma textura mais suave.

    3. PREVINE O ENVELHECIMENTO PRECOCE DA PELE

    Por falar em colágeno e elastina, essas proteínas são fabricadas no corpo por estruturas chamadas fibroblastos, células também envolvidas na cicatrização e na manutenção do tecido conjuntivo. Conforme envelhecemos, o corpo começa a produzir cada vez menos quantidades dessas proteínas. 

    No entanto, a ação do retinol na pele permite uma renovação do colágeno e da elastina, ajudando a prevenir sinais de idade e sintomas de envelhecimento precoce. Alguns desses sintomas são a flacidez, as rugas e as linhas de expressão, aparecendo principalmente na região do rosto

    4. PROPORCIONA AÇÃO ANTIOXIDANTE

    Mas você sabe o que causa o envelhecimento precoce na pele? Existe um processo chamado estresse oxidativo, causado por moléculas instáveis chamadas radicais livres, que são formadas naturalmente no nosso corpo. 

    No entanto, existem fatores externos que podem contribuir para a formação dessas células, como: 

    • Excesso de exposição ao sol;
    • Poluição;
    • Tabagismo;
    • Estresse;
    • Dieta pobre em alimentos antioxidantes;
    • Idade

    Uma forma de combater o estresse oxidativo é utilizando produtos cosméticos que ofereçam ação antioxidante, como o retinol. Ele atua neutralizando os radicais livres, impedindo que eles causem danos às células da pele. Assim, a pele fica mais jovem e saudável por mais tempo.  

    5. COMBATE A ACNE 

    As habilidades do retinol ainda não acabaram! Ele também tem propriedades anti-inflamatórias, o que pode ajudar a aliviar episódios de acne e reduzir o aparecimento de cravos e espinhas na pele. Em adição a isso, o retinol também ajuda a inibir a proliferação das bactérias que causam a acne.

    Outro ponto importante é que o efeito esfoliante do retinol ajuda a desobstruir os poros da pele. Por essa razão, ele pode ser considerado um ativo não-comedogênico (ou seja, ele impede a formação de comedões, outro nome para os cravos).

    6. CLAREIA MARCAS ESCURAS NA PELE

    Por último e não menos importante, uma das funções do retinol é ajudar a clarear marcas escuras na pele e uniformizar o tom. Isso acontece por vários fatores: primeiro, pela esfoliação suave que remove a pele morta e permite que ela se renove. Segundo, pela renovação celular proporcionada. 

    E por fim, pela ação reguladora de melanina na pele. A melanina é a proteína responsável por dar cor aos nossos olhos, cabelos e pelos. No corpo, as marcas escuras podem se formar através de um processo chamado hiperpigmentação, causado pelo acúmulo de melanina na pele. 

    Por isso, é importante adicionar ativos e ingredientes clareadores à sua rotina de skincare para marcas na pele. Entender o que causa o aparecimento dessas marcas também é importante, pois assim você pode prevenir episódios futuros. A hiperpigmentação pode ser causada por: 

    • Radiação solar;
    • Acne e inflamações na pele;
    • Alterações hormonais;
    • Traumas na pele; 
    • Melasma.

    COMO USAR RETINOL?

    Por mais que o retinol traga muitos benefícios para a beleza e a autoestima, é muito importante ter cuidado antes de introduzir esse ativo nos cuidados com a pele. Para evitar problemas, siga esse passo a passo: 

    1. Comece a usar o retinol gradualmente, principalmente se você nunca usou antes. A princípio, faça a aplicação dos cosméticos a cada dois dias e avalie a resposta da sua pele. Se houver boa adaptação, pode ir aumentando a frequência;
    2. Evite a exposição à luz solar após a aplicação, principalmente se você tem pele sensível. Uma recomendação para garantir a proteção da sua pele é aplicar o retinol à noite, como parte da sua rotina de skin care noturna
    3. Cuidado com a mistura do retinol com outros produtos, principalmente ácidos ou cosméticos fortes. Evite utilizar uma grande combinação de ativos e estímulos na mesma rotina enquanto estiver fazendo uso do retinol; 
    4. Limpe bem a pele antes de fazer a aplicação do retinol. Certifique-se, também, que ela está bem seca para receber o produto. A higiene corporal ajuda a criar um ambiente favorável para a absorção das propriedades e nutrientes de outros produtos;
    5. Hidrate a pele durante todo o processo de uso do retinol. Isso porque, a princípio, ele pode causar descamação e ressecamento. A intensidade e duração desses efeitos colaterais dependem do seu tipo de pele.

      Lembre-se de consultar o seu dermatologista antes de introduzir o retinol na sua rotina de skin care. É essencial ter a visão de um profissional especializado na pele antes de aplicar qualquer tipo de produto. 


    Gostou das dicas sobre retinol? Para saber mais sobre ingredientes, confira nossos artigos sobre saúde e beleza no blog NIVEA e tire suas dúvidas sobre skin care com o nosso toque que transforma.

    INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER

    E fique sabendo em primeira mão de todas as novidades e descontos do mundo NIVEA!

    CONHEÇA AS CATEGORIAS DE PRODUTOS NIVEA