TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE RUGAS: CAUSAS, TIPOS E COMO TRATAR

Você sofre com rugas e não sabe como tratar? Existem muitas opções para lidar com esse tipo de sinal no rosto, desde produtos cosméticos até procedimentos estéticos e cirúrgicos. Porém, é importante saber qual deles é mais indicado para o seu tipo de pele e as suas necessidades. 

Mas não se preocupe: os especialistas em cuidados com a pele de NIVEA entendem que as rugas podem prejudicar a autoestima. Por isso, separamos algumas dicas de cuidados para você prevenir e remediar os sinais que aparecem no seu rosto, conquistando uma pele mais jovem e bonita. Confira!

  • O QUE SÃO RUGAS?
  • O QUE CAUSA RUGAS?
  • 5 FATORES EXTERNOS QUE CAUSAM RUGAS
  • QUAIS SÃO OS 4 TIPOS DE RUGAS?
  • COMO PREVENIR RUGAS?
  • 3 DICAS DE COMO ACABAR COM RUGAS
  • RECEITA CASEIRA PARA RUGAS
  • QUAL O MELHOR ÁCIDO PARA RUGAS?
  • QUAL O MELHOR ÓLEO ESSENCIAL PARA RUGAS PROFUNDAS?

 

O QUE SÃO RUGAS?

As rugas são um dos sinais mais comuns do envelhecimento da pele, caracterizados pela presença de linhas, dobras e sulcos como aqueles presentes no maracujá ou na uva passa. Embora elas possam aparecer por todo o corpo, são mais comuns no rosto, pescoço e colo e também nas mãos

Não é possível evitar o surgimento de rugas no corpo, pois elas fazem parte de um processo natural que acontece com todo ser humano. No entanto, é possível retardar o aparecimento e minimizar seus efeitos na pele por meio de uma rotina de skin care adequada e alguns procedimentos estéticos.

 

O QUE CAUSA RUGAS?

Com o envelhecimento, ocorre uma queda natural na produção de duas proteínas no corpo: o colágeno, que oferece firmeza e estrutura, e a elastina, responsável pela elasticidade e flexibilidade da pele madura. Esse é o principal fator intrínseco para o surgimento de rugas, juntamente com a predisposição genética. Além das rugas, esse processo também acarreta em celulites e estrias.   

No entanto, existem também os fatores extrínsecos, aqueles que são causados por agentes externos como o clima ou maus hábitos. Conheça algumas dessas causas.

 

5 FATORES EXTERNOS QUE CAUSAM RUGAS

1 - Excesso de exposição ao sol

A radiação ultravioleta presente nos raios de sol é um dos principais responsáveis por um processo chamado envelhecimento precoce. Isso acontece porque o sol danifica as fibras de colágeno e elastina na pele, causando rugas prematuras. É por essa razão que os cuidados com o sol são indispensáveis para proteger a pele; 

2 - Tabagismo:

O hábito de fumar cigarros também ataca as fibras de colágeno e elastina, mas não é só isso. Ele também libera radicais livres no corpo e causa vasoconstrição, o que prejudica o fluxo sanguíneo para a pele. Além disso, as expressões faciais repetitivas do ato de fumar podem causar rugas periorais (ou seja, ao redor dos lábios), como por exemplo o famoso código de barras

3 - Consumo de álcool

Por serem diuréticas, as bebidas alcoólicas podem causar desidratação, o que deixa a pele seca, áspera e propensa a rugas. Outro ponto sobre o álcool é que ele pode causar uma tipo de inflamação crônica no organismo, potencializando o estresse oxidativo nas células, responsável pelo envelhecimento precoce; 

4 - Sedentarismo

A falta de exercícios físicos regulares pode causar má circulação sanguínea, perda de elasticidade na pele, um aumento na produção de radicais livres no corpo e também aumento de peso corporal. Isso pode levar a rugas mais acentuadas por conta do estiramento da pele, em um processo similar ao que ocorre com as estrias no corpo

5 - Má alimentação

Se você tem uma dieta pobre e maus hábitos alimentares, saiba que isso pode interferir na saúde da pele e do corpo em geral. Isso acontece porque existem substâncias essenciais presentes nos alimentos, como vitaminas, minerais, antioxidantes e ácidos graxos como o ômega-3.  

QUAIS SÃO OS 4 TIPOS DE RUGAS?

Agora que você já sabe bastante sobre rugas, podemos aprofundar o nosso conhecimento falando sobre os 4 tipos de rugas que existem. Vamos conhecer cada uma delas e as suas respectivas causas! 

1 - RUGAS DIN MICAS

Também conhecidas como rugas de expressão, as rugas dinâmicas são causadas por movimentos repetitivos dos músculos faciais com o passar dos anos. Elas são muito comuns na região da testa, ao redor dos olhos (chamadas de pés de galinha) e também entre as sobrancelhas, um tipo conhecido como ruga glabelar.

2 - RUGAS ESTÁTICAS

As rugas estáticas têm esse nome porque são visíveis mesmo quando o rosto está em repouso, ou seja, sem nenhum tipo de movimento. Elas costumam ter uma aparência mais profunda e permanente quando comparadas às rugas dinâmicas. Esse tipo é causado principalmente pela perda de colágeno e elastina na pele com o envelhecimento. 

 

3 - RUGAS GRAVITACIONAIS

O planeta Terra tem uma força conhecida como gravidade, que exerce uma força de atração que puxa o ser humano em direção ao solo. Isso tem relação direta com o surgimento de rugas na pele, principalmente as peles maduras, pois as regiões afetadas são aquelas que têm maior tendência a cair em direção à gravidade. Alguns exemplos são as bochechas, o pescoço e o queixo.

4 - RUGAS DE FOTOENVELHECIMENTO

Além da gravidade, outro elemento natural que exerce influência sobre a pele é o sol. Elas aparecem por conta do excesso de exposição ao sol ao longo da vida, causando ressecamento e textura irregular na pele. Esse processo é conhecido como fotoenvelhecimento, ou seja, a degradação da pele por conta da ação dos raios UV do sol. 

COMO PREVENIR RUGAS?

O principal método para prevenir o surgimento de rugas é investindo em proteção solar de qualidade. Lembre-se do que falamos antes: o sol é o principal causador de envelhecimento precoce na pele. Por isso, o seu kit skincare precisa ter um protetor solar facial prático e eficaz para uso diário. 

Outro ponto importante é manter uma rotina saudável e evitar maus hábitos. Risque da sua lista diária atividades como: 

  • Tomar sol entre as 10h e as 16h (horário de pico);
  • Consumir muitos alimentos processados, gorduras saturadas e açúcares refinados;
  • Fumar;
  • Beber álcool excessivamente;
  • Dormir com o rosto pressionado contra o travesseiro. 

    E por falar em dormir, ter um sono de qualidade é uma ótima maneira de prevenir rugas. Afinal, uma boa noite de sono é importante para a regeneração celular e a reparação da pele. Além de dormir bem, é importante também assegurar um ambiente propício ao descanso, com baixa ou nenhuma iluminação. 

    Por fim, evite o estresse, por mais difícil que seja. As situações estressantes liberam no corpo um hormônio chamado cortisol, afetando diretamente a saúde da pele. Logo, procure formas de relaxamento e autocuidado como meditação, psicoterapia e a prática regular de exercícios físicos. 

3 DICAS DE COMO ACABAR COM RUGAS

Chegou o momento que todos esperavam: como acabar com as rugas. A principal forma de lidar com o problema é adquirindo produtos cosméticos com ingredientes ativos específicos para reposição de colágeno. No entanto, alguns casos mais graves pedem procedimentos estéticos ou até cirúrgicos. 

Vamos conhecer cada um deles! 

 

1 - CREME ANTI RUGAS E OUTROS PRODUTOS COSMÉTICOS

A indústria cosmética tem um objetivo muito claro: proporcionar soluções para você. No que diz respeito às rugas, os cremes antissinais ou cremes anti-idade são uma opção viável tanto para prevenir quanto para remediar a aparência da pele do rosto.

Se você tem pele oleosa, talvez o creme anti rugas não seja a melhor opção. Mas não se preocupe: você pode substituir por sérum facial e ter o mesmo resultado, porém com uma ação mais leve e de fácil absorção. Por ser altamente concentrado, o sérum traz hidratação profunda com ótima textura. 

Ao comprar o seu cosmético, busque por ingredientes recomendados no tratamento de rugas e linhas de expressão no rosto, tais como: 

  • Retinol: derivado da vitamina A, ele estimula a produção de colágeno e a renovação da pele, suaviza as rugas já existentes e tem ação antioxidante. Por isso, é recomendado o uso de retinol para rugas profundas; 

  • Peptídeos: são substâncias compostas por aminoácidos e desempenham um papel importante no rejuvenescimento da pele. Eles também estimulam o colágeno, auxiliam na hidratação, melhoram a textura da pele e oferecem propriedades antioxidantes; 

  • Niacinamida: também chamado de vitamina B3, esse ativo interage diretamente com a produção de colágeno, ajuda a reduzir a hiperpigmentação (causador de marcas escuras na pele) e fortifica a barreira protetora natural da pele, conhecida como manto hidrolipídico;

  • Coenzima Q10: um antioxidante natural produzido pelo corpo, que estimula a produção de energia dentro das células, combate o estresse oxidativo, melhora a elasticidade e reduz a aparência das rugas de modo geral; 

  • Vitamina C e Vitamina E: duas vitaminas antioxidantes essenciais para o corpo. A vitamina C estimula a produção de colágeno, ajuda a clarear a pele e atua também no sistema imunológico do corpo. Por outro lado, a vitamina E auxilia na hidratação e nutrição da pele, além de ter propriedades anti-inflamatórias que ajudam a acalmar a irritação na pele e reduzir a vermelhidão associada às rugas.

 

2 - TRATAMENTOS ESTÉTICOS

Existem muitos casos em que os cosméticos não conseguem resolver as rugas, sendo necessário um tratamento estético feito em clínicas especializadas. Isso acontece por vários motivos: sensibilidade aos ingredientes da fórmula, maior gravidade do quadro de rugas ou recomendação profissional.

E por falar em recomendação profissional, antes de escolher um procedimento para realizar, certifique-se de ter o aval do seu dermatologista. Cada pele é única e precisa de cuidados personalizados, o que fica muito mais seguro com a indicação de um especialista.

Conheça alguns dos procedimentos disponíveis: 

  • Preenchimentos dérmicos: nessa técnica, substâncias são injetadas na região do rosto para preencher as rugas e linhas finas, restaurando o volume perdido. Algumas delas são o ácido hialurônico, colágeno e hidroxiapatita de cálcio. Eles ajudam a suavizar as rugas e proporcionam uma aparência mais jovem ao rosto; 

  • Toxina botulínica: nada mais é do que o famoso Botox, injetado nas regiões onde existem rugas de expressão, como os pés de galinha, as rugas da testa e as rugas entre as sobrancelhas. Sua ação consiste em bloquear os sinais nervosos que causam contração muscular excessiva, sendo mais indicado para suavizar rugas dinâmicas; 

  • Tratamentos a laser e luz intensa pulsada: esses procedimentos usam feixes de luz de alta energia que tem como objetivo principal estimular a produção de colágeno na região tratada. Eles também ajudam na renovação celular, estimulando as camadas mais superficiais da pele, danificadas pelo sol e por outros elementos, como a poluição; 

  • Microagulhamento: também chamado de terapia de indução de colágeno, esse procedimento faz uso de várias agulhas para executar microperfurações controladas na pele. Elas ajudam a suavizar a textura da pele, minimizar os poros dilatados e melhoram a absorção de outros produtos, como o creme para rugas; 

  • Radiofrequência: essa técnica usa energia de radiofrequência para aquecer as camadas mais profundas da pele. Esse calor estimula a produção de colágeno, melhora a circulação sanguínea e oferece maior firmeza e tensão na pele através do processo de contração dos tecidos, o que pode suavizar a flacidez
  • Peeling químico: assim como o efeito dos ácidos esfoliantes, o peeling químico utiliza uma solução para esfoliar e renovar a pele. Assim, ele ajuda a remover as células mortas, estimula a renovação da pele e reduz a pigmentação irregular, colaborando para uniformizar o tom da pele. 

 

3 - PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS

Existe cirurgia para remover rugas? A resposta é sim. No entanto, vale lembrar que todo procedimento cirúrgico provoca reações no corpo e pode ser invasivo. Por isso, é necessário ter acompanhamento médico e realizar exames para ter certeza que a cirurgia é o melhor caminho.
  • Lifting facial: conhecido como ritidectomia, nesse procedimento o cirurgião reposiciona os tecidos faciais, remove o excesso de pele e, em alguns casos, reorganiza ou trata os músculos faciais. O resultado é uma pele mais jovem, com aparência mais firme, melhorando sinais de envelhecimento no rosto, tais como gordura deslocada, pele frouxa, perda de tônus muscular e flacidez; 

  • Lifting de sobrancelha: nesse procedimento, o cirurgião reposiciona as sobrancelhas, o que elimina rugas e flacidez na testa. Um exemplo de ruga tratado dessa forma é a ruga glabelar. Dessa forma, os vincos na testa ou ao redor dos olhos são minimizados, oferecendo uma aparência descansada à pessoa; 
  • Blefaroplastia: essa técnica trata as rugas e excesso de pele nas pálpebras inferiores e nas pálpebras superiores ao remover ou reposicionar a gordura. Por isso, é indicada para tratar especificamente as rugas nos olhos. Por essa razão, a blefaroplastia não é recomendada para pessoas que possuem condições oculares graves, como glaucoma, descolamento de retina ou olho seco. 

 

RECEITA CASEIRA PARA RUGAS

Muitas pessoas não têm uma boa relação com produtos e soluções químicas, ou preferem uma abordagem mais natural para cuidar da pele madura. Por isso, uma boa receita caseira para rugas pode ser a solução ideal para quem busca uma opção mais sustentável

No entanto, vale lembrar que é mais difícil encontrar um tratamento caseiro para rugas profundas, pois costumam ser casos mais graves que precisam de ajuda profissional.

Algumas opções que você pode ter em casa são: 

  • Aloe vera: uma planta muito famosa, com propriedades medicinais que estão associadas aos cuidados com a pele e com os cabelos. Mas como usar babosa no rosto para rugas? Você precisa extrair o gel de dentro da planta com cuidado, aplicar sobre as rugas e massagear suavemente. Assim, sua pele vai aproveitar o poder de hidratação associado ao efeito calmante dessa planta tão amada; 

  • Chá verde: mais um elemento natural, o chá verde tem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias essenciais para cuidar da pele. Seu modo de uso é bem simples, você pode beber o chá regularmente ou aplicar uma compressa fria sobre as regiões do rosto onde estão as rugas utilizando um algodão embebido no líquido. Deixe agir por vários minutos antes de enxaguar e repita o processo regularmente; 

  • Azeite de oliva: mais do que um tempero para alimentos, esse óleo vegetal é muito útil em skin care. Suas propriedades hidratantes e antioxidantes ajudam a manter a pele mais jovem, além de ser rico em ácidos graxos e vitamina E. Sua função na pele também é combater os radicais livres que causam o envelhecimento, basta usar as pontas dos dedos para massagear o rosto e deixar de 15 a 20 minutos;
  • Máscara de abacate: o último item da lista representa a categoria das frutas e além de ser uma iguaria na gastronomia, ele também faz maravilhas na pele. Ele contém carotenóides e fitoesteróis, compostos encontrados em alimentos vegetais que ajudam a melhorar a textura da pele, fortalecem a barreira protetora e reduzem irritações e vermelhidão.

 

QUAL O MELHOR ÁCIDO PARA RUGAS?

Depois de falar de tudo o que é bom para rugas, ficou faltando um ativo muito importante em skin care: os ácidos. Em geral, o melhor ácido para combater rugas é aquele que tem propriedades esfoliantes, pois ajuda a remover suavemente as células mortas da pele e melhoram a absorção de outros produtos.

Alguns ácidos com propriedades esfoliantes são:

  • Ácido glicólico, derivado da cana de açúcar;
  • Ácido retinoico, produzido em laboratório a partir da vitamina A;
  • Ácido salicílico, encontrado na casca do salgueiro ou produzido de forma sintética, também utilizado em tratamentos para acne. 


Outra opção também muito utilizada no tratamento de rugas é o ácido hialurônico. Embora não tenha propriedades esfoliantes, ele é eficaz para lidar com pele envelhecida por ser altamente hidratante, estimular a produção de colágeno e trazer mais textura e suavidade para a pele.
 

QUAL O MELHOR ÓLEO ESSENCIAL PARA RUGAS PROFUNDAS?

Outra solução caseira para rugas está dentro dos pequenos frascos de óleos essenciais. Quando falamos de rugas profundas, é importante escolher um óleo essencial que seja poderoso em suas propriedades hidratantes e regenerativas. Por isso, separamos três dicas para você. Confira! 

  • Óleo essencial de sândalo: um óleo de aroma rico, amadeirado e doce, trazido da Ásia. Ele é obtido por um processo de destilação a vapor a partir da madeira da árvore conhecida como sândalo indiano. Essa madeira também é utilizada na produção de perfumes, incensos e produtos cosméticos; 

  • Óleo essencial de gerânio: obtido a partir das folhas e flores da planta gerânio, é bastante utilizado na aromaterapia por conta da sua fragrância floral agradável. Originário da África do Sul, o gerânio também passa por um processo de destilação a vapor para extrair seu óleo essencial, que também é utilizado para tratar acne e pele ressecada;
  • Óleo essencial de incenso (frankincense): obtido a partir da partir da árvore Boswellia carterii, nativa do Oriente Médio, o óleo essencial de incenso tem propriedades cicatrizantes, antissépticas e relaxantes. Em alguns casos, esse óleo é utilizado para aliviar o estresse e melhorar o bem-estar emocional da pessoa.


Gostou das dicas sobre rugas? Para saber mais sobre cuidados com a pele, confira nossos artigos sobre saúde e beleza no blog NIVEA e tire suas dúvidas sobre skin care e qualidade de vida com o nosso toque que transforma.

INSCREVA-SE NA NOSSA NEWSLETTER